Dia Mundial do Designer Gráfico: É HOJE!

abril 27, 2011

Boa noite, a todos que me seguem.

Hoje foi um dia, o qual passei praticamente hibernando. É, isso mesmo. Dormi das 8h às 20h incentivado por remédios e mais remédios pra tentar aliviar as dores que a hérnia de disco teima em me conceder. Paciência. Vou ter que conviver com isso.

Mas não vou falar de dor, pelo menos, não hoje.

Hoje é um dia especial, mundialmente falando, por se tratar de ser mais um dia em que eu comemoro (mesmo dormindo): Dia Mundial do Designer Gráfico.

Parece ser algo grandioso para uma profissão que não é regulamentada e muito menos, compreendida por boa parte da população do planeta. Mas a gente tenta explicar… =)

O profissional que se qualifica como Designer Gráfico (o ideal é que seja formado por uma universidade mas em geral não é o que encontramos por aqui) é responsável pela criação (junto com um Diretor de Arte, nem que seja ele mesmo um) , diagramação, editoração a arte-finalização de toda e qualquer peça gráfica, que vai desde cartões de visita até a programação visual e sinalização de aeroportos, fábricas e shoppings.

Temos, em todo o Brasil e principalmente fora dele, ótimos cursos que ensinam e preparam o cidadão interessado em ser Designer Gráfico. Alguns cursos são tão específicos quanto, como os cursos de Design de Produto, Design de Moda, etc; assim como, temos cursos mais abrangentes que englobam praticamente todas as áreas do Design como por exemplo Webdesign, Videomaker, JewelDesign, etc. dentro dele, dando apenas uma visão geral de cada um, e deixando o estudante definir seu caminho dentro desse escopo imenso.

Hoje em dia, principalmente no sul do país, esse profissional vem sendo mais bem valorizado mas ainda está longe do ideal. Talvez por conta da falta de regulamentação da profissão, algo que faz com que qualquer um com o computador e um software vetorial possa criar qualquer coisa em meia-hora e vender por menos que um cacho de bananas. Mas esse é assunto pra outro post…

Hoje é dia de falar bem desse profissional que batalha pra ser reconhecido, que investe muito em estudos, cursos, equipamentos, em recolocação profissional, por salários justos, e principalmente que busca desenvolver um trabalho bem elaborado e embasado, enfim, o profissional que busca por um lugar ao sol, com toda dignidade e prazer que uma profissão abraçada com tanto amor e dedicação deveria merecer.

Pois bem, aqui vai meus parabéns a todos os colegas de profissão, a todos esse Designers Gráficos que passam dias a fio entre escalas de cores, fontes, referências visuais pra realizar sempre mais e melhor o seu trabalho. Sucesso a todos!

Abs,

C.


Dia Mundial do Desenhista: É hoje!

abril 15, 2011

Bom dia, fiéis leitores ou mesmo, aqueles que caem aqui por acaso.

Hoje poderia ser um simples dia como outro qualquer. Uma sexta-feria ensolarada aqui em Salvador, 28 graus C, trânsito caótico, a velha loucura insandecida de sempre.

Na história, o dia de hoje teve muitos significados:

– Andrew Johnson se torna o décimo sétimo presidente americano;
– Surge a GE – General Eletric – , com a fusão da Edison General Electric Company and the Thomson-Houston Company;
– O famoso RMS Titanic naufraga após colidir 3 horas antes com um iceberg no Atlântico Norte;
– O primeiro restaurante da rede McDonald’s é inaugurado em Des Plaines, Illinois;
– Foi fundada no Brasil a ANFAVEA – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores;
– O ditador cubano Fidel Castro visita os Estados Unidos pela primeira vez depois da revolução;
– Castelo Branco é eleito e empossado presidente pelo Congresso brasileiro com 361 votos, 72 abstenções e 37 ausências;
– Inauguração da Disneylândia de Tóquio;
– Morre, aos 49 anos, Joey Ramone, vocalista da banda Ramones, vitimado pelo câncer;

Enfim, entre coisas boas e ruins, essa data é (e foi) marcada por diversos acontecimentos singulares, alguns jamais esquecidos pela humanidade. Ou parte dela.

Mas não estou aqui hoje pra fazer uma releitura dessa data e seus fatos históricos, e sim, para lembrar que hoje é uma data de grande importância para todos os profissionais como eu:

DIA MUNDIAL DO DESENHISTA!

Retratistas fiéis da realidade, autores de desenhos abstratos, de projetos funcionais ou mesmo de traços divertidos e despojados que tratam o nosso dia-dia com bom humor. Não importa a especialidade, hoje o mundo homenageia esses profissionais que encantam com os seus traços. .

“Numa folha qualquer eu desenho um Sol amarelo, E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo. Corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva. E se faço chover, com dois riscos tenho um guarda-chuva…”. Basta um lápis e uma folha de papel nas mãos de um desenhista para entender de onde veio a inspiração de Toquinho para a música ‘Aquarela’. Afinal, a arte de transformar linhas, curvas, riscos e rabiscos em imagens compreensíveis (ou não, como é o caso dos desenhos abstratos), faz que o mundo comemore hoje o Dia Mundial do Desenhista.

A data escolhida remete ao nascimento do mestre italiano Leonardo da Vinci (em 1452), que usava o desenho como instrumento para compreender a realidade. Porém, essa manifestação estética já se expressava desde a pré-história, quando os homens a utilizavam com um contexto tribal-religioso. Nesse período acreditava-se que as imagens desenhadas nas cavernas e pedras possuiam alma própria e eram capazes de se tornarem reais, ou seja, o desenho estava mais ligado a um ritual místico do que a um meio de expressão.

Conforme os conceitos artísticos foram se separando da religião, durante a Antiguidade, o desenho foi conquistando o seu espaço e se consagrando como disciplina. Mas foi apenas com o período artístico conhecido como Renascimento que se iniciou uma preocupação com a sistematização da perspectiva. Nesse contexto o desenho se tornava elemento básico da criação artística para se obter a obra final – sendo seu domínio quase uma virtude secundária frente às outras formas de arte. Além de Leonardo da Vinci, artistas como Michelângelo Buonarroti e Albrecht Dürer são importantes representantes da arte renascentista.

E você me pergunta: e hoje em dia?? Bem, segundo o último levantamento da Relação Anual de Informações Sociais (Rais/2007), do Ministério do Trabalho e Emprego, o país possui mais de 78 mil desenhistas em atividade. Destes, 58.248 profissionais são do sexo masculino e a maior parte (13.709) está concentrada na ocupação de desenhistas técnicos em geral. Já as 19.909 mulheres que atuam com carteira assinada predominam na área de desenhistas projetistas e modelistas de produtos e serviços diversos. Ao todo são 7.605 apenas nessa ocupação.

Em termos estaduais, São Paulo é a unidade da federação que mais emprega esses profissionais. Computando o registro de homens e de mulheres o estado responde por 32.120 desenhistas em atividade, seguido pelo Rio de Janeiro (7.112) e Rio Grande do Sul (7.075). A menor concentração está nos estados do Amapá e de Roraima, com apenas 55 e 56 registros respectivamente. A, nesse quadro, fica por volta do sexto lugar, perdendo para Brasília e Curitiba. Uma pena. Nós desenhistas baiano precisamos rever esse quadro…

Pois bem, e quanto aos tipos de desenho? Muitos são as variações que podem ser feitos (geométrico, projetivo, arquitetônico, ilustração, modelo vivo, entre outros), bem como vasto são os campos de atuação de um desenhista. Os mais conhecidos são os cartunistas (como Ziraldo e Maurício de Souza) e chargistas (como Maurício Ricardo Quirino, que faz as charges do Big Brother Brasil) que encantam de crianças a adultos com seus traços. Menos conhecidos mas não menos talentosos (não mesmo!) são desenhistas como Benício, que ficou famoso por ilustrar os cartazes de filmes dos anos 60 e 70, como Dona Flor e seus Dois Maridos e praticamente todos os filmes d’Os Trapalhões daquela época; Gustavo Duarte, com suas sátiras super bem boladas sobre o esporte e a política nacional; dentre outros renomados como Baptistão, Braga, Cárcamo, Spacca, Laerte, Angeli, GlaucoAlarcão, Eldes, Laz Muniz, Guto Lacaz, Eduardo Schaal, Fábio Yabu, Hiro Kawahara, Montalvo Machado, Orlandelli, Samuel Casal, e por aí vai! Um monte de gente que manda muuuito bem no traço! Vale a pena conhecer o trabalho deles!

Mas aqui na Bahia tem muita gente boa também, alguns deles bem conhecidos como é o caso do  Cedraz, da Turma do Xaxado; o Luíz Augusto, do Fala Menino, o Flávio Luiz, criador d’O Cabra, e o Tiago Hoisel, famoso pelos seus belíssimos trabalhos. Também vale a conferida.

Enfim, o trabalho desses profissionais – e lógico, eu me incluo nessa – possui o seu lado glamoroso (todos acham que desenhista trabalha por prazer, por que gosta e tudo é só alegria) mas a realidade é bem diferente. Nós, desenhistas profissionais, lutamos quase que diariamente para mostrar e “educar” a população em geral, em especial às interessadas em nossos serviços, do valor do nosso trabalho.

São horas, dias, meses e anos à fio debruçados sobre a prancheta (ou com a modernidade aí, sobre às tablets, rs), estudando, experimentando, testando novas ferramentas, materiais, técnicas… investindo em cursos, livros, eventos, viagens, tudo para melhorar cada vez mais a nossa capacidade crioprodutiva. E isso demanda antes de mais nada… dinheiro. O triste, porém real, é que as pessoas em geral não nos dão o real valor. E o pior: não conseguem visualizar a importância e o poder que uma ilustração bem feita e bem concebida pode agregar ào seu produto ou empresa.

No mundo todo, principalmente nos Estados Unidos e Europa, os desenhistas são supervalorizados (mas nem por isso trabalham menos, viu?), muitas vezes tratados como “super-heróis”, tendo em vista não só a qualidade dos seus trabalhos mas também a consciência e o valor que reconhecem diante de imagens que podem vender milhões. Como dito aqui antes, São Paulo é uma cidade que melhor tem noção do valor de um desenhista, mas ainda está longe do entendimento dos americanos e europeus. O engraçado é que quando escrevo essas linhas me dá uma vontade de abandonar esse país… humm…

Pois bem, não vou estender mais esse post. Quero apenas parabenizar a todos os desenhistas do mundo, amadores e profissionais, e que esses, aprendam sempre mais não só a melhorar seu traço, mas também a saber valorizar o seu trabalho e a saber cobrar corretamente (e justamente) por ele.

E aproveitando a deixa, não posso deixar de mandar os parabéns também para esse que nessa data comemora 5 ANOS de vida: CHAN STUDIOS!

5 anos de muito trabalho, investindo em estudos, equipamentos, cursos, enfim, uma série de fatores para poder oferecer sempre mais e melhor os nossos serviços. E obrigado também a todos os amigos, parceiros e colaboradores que sempre me incentivaram e ajudaram a manter esse sonho. Valeu mesmo!

Mas, vamo trabalhar!!

Abraço!

C.


Projeto: #NACAPADOBATMAN – 1 mês depois…

dezembro 6, 2010

Bom dia a todos que me seguem!

Pois é, nessa última sexta-feira completei 30 dias de projeto #nacapadobatman . Pra quem não sabe do que estou falando é só dar uma olhada na última postagem e conferir.

Foram 4 semanas relativamente tranquilas, sem muitos momentos torturantes e acredito que tenha tirado de letra. Afinal, consegui bater minha meta, ou melhor: ultrapassá-la.

Pelo meu planejamento – que fiz antes mesmo de iniciar o projeto – a meta semanal seria de aproximadamente 1 kg, e a diária de aproximadamente 140 gramas. Consegui ultrapassar essa marca perdendo 1,5 kg por semana e em média 215 gramas por dia. Óbvio que esses valores são aproximados e teve dia que eu perdi menos que o outro. O fato é que, felizmente, estou obtendo resultados desejados nesse projeto. Vejam à baixo uma panorâmica do meu projeto e como o mantenho sob controle:

No entanto, devo creditar o sucesso também à esse resultado ao fato d’eu ter tido uma virose seguido de fortes dores na garganta na segunda semana de projeto que me deixou um tanto debilitado e sem conseguir digerir nada sólido, somente líquidos. Há males que vem para o bem, né?… =)

Enfim, Mas estou bastante animado e empolgado, principalmente por 2 motivos:

1 – Estou conseguindo me alimentar melhor, sem exageros – minha média eram 800 gr por refeição, agora é em média 500 gr por refeição, às vezes menos – , estou vivendo muito bem sem comer pão branco, macarrão, frituras, comidas muito gordurosas – às vezes só de sentir o cheiro do óleo fritando já me dá náuseas – , doces, e curtindo saborear novos alimentos que já havia até me esquecido o sabor como algumas frutas e legumes. O bacana é usar a criatividade para “sobreviver” à esse projeto. Tendo noção do que DEVO comer o do que NÃO DEVO comer, fico criando saladas, pratos e até sanduíches com pão integral, frios e acompanhamentos que nunca havia experimentado simplesmente por já estar habituado à comer aquela boa e velha gordureira, eheh. E isso tem me ajudado, e muito, a me manter saudável e a continuar perdendo pesos e medidas.

2 – O segundo motivo é praticamente uma resposta à esse projeto: camisas que antes ficavam coladas no couro agora estão leves e folgadas, calças que antes ficavam arrochadas nas coxas agora me deixam mais à vontade pra me movimentar – até cinto eu tô tendo que usar pras calças não caírem, rs – , enfim, recuperando peças de roupas que antes já estavam pra ser despachadas pra alguém que realmente usasse-as. Aliado a isso, a sensação de bem estar, a resistência aumentando – já não estou cansando como antes ao carregar as compras do mercado – e a satisfação de ver o meu empenho sendo recompensado. Sem contar a imagem no espelho que à cada semana parece mais agradável.

isso tudo, me motiva ainda mais em continuar, mas não pensem que agora é moleza. Engana-se. Agora começa a parte mais difícil: dar continuidade até chegar na minha meta, 85 kg. Ainda falta perder 11 kg. Mas… vamos nessa!

Agora umas dicas:

a) Esforço: se está realmente intencionado a emagrecer, tem que se dedicar. Em muitos momentos serás tentado por amigos a degustar mil e uma guloseimas. Por mais “inocente” que posa parecer comer uma coxinha ou um risole, resista. Pense em sua meta o tempo todo e, quando chegar lá, poderá sim comer (de vez em quando, não sempre!) um salgadinho ali, um docinho acolá, mas sempre atento à compensar esses famosos abusos de final de semana com bastante líquido na semana seguinte seguido de exercícios.

b) Por falar em Exercícios, digo pra vocês que nesses meus 30 dias de projeto eu só caminhei 2 dias. Isso mesmo. Mas não porque eu não quisesse, mas por que não tive tempo. De verdade. Final de ano pra mim é uma loucura e estou passando por uma séries de problemas pessoais e profissionais que tem me exigido mais do que o normal. Faz parte. Mas não se esqueçam de associar à esse projeto pelo menos caminhadas de 30 minutos 3 vezes por semana. Pelo menos. Isso já ajuda muito e se puder estender para caminhadas de 1 hora de segunda a sexta (meu objetivo) será melhor ainda.

c) Controle: acompanhar a evolução e as respostas do seu corpo é importante também: crie umas planilhas para te ajudar a monitorar seus ganhos/perdas de peso e medidas para saber se realmente está funcionando, o que precisa melhorar, enfim, te auxiliar na busca pelo seu objetivo. Se tiverem interesse, posso enviar a minha tabela (no Numbers, mas converto no Excel se preferir) para vocês. Outra forma de controlar mais de perto é adquirir uma balança digital, que já vem calibrada de fábrica e não perde o registro. Comprei a minha nesse final de semana e já está me dando um feedback bem legal. Como tenho um iPhone, também comprei na AppStore um aplicativo chamado Weightbot que te ajuda a controlar seu peso e ainda te mostra um gráfico de sua evolução. Apenas, US$1.99.

No mais, é isso aí. O projeto #nacapadobatman continua firme e forte e nessa sexta terei nova aferição.

Fui!

O dever me chama!

C.

 

 


Projeto: #NACAPADOBATMAN

novembro 11, 2010

Olá, seguidores e acompanhadores fiéis do meu humilde blog, que parece abandonado mas não é. =)

É essa vida louca vida que não nos permite fazer tudo que gostaríamos de fazer, aí temos que priorizar o que é mais importante e acabamos deixando coisas menos importante para um segundo momento.

E por falar em coisas importantes, é justamente esse motivo importante que me traz aqui hoje, no meu horário de almoço, pra atualizar esse blog e falar um pouco de um novo projeto (na verdade, não tão novo assim) em que estou engajado a desenvolver e a cumprir. Só que dessa vez… pra valer!

Explico.

Há alguns anos (por volta de 2005) eu, que sempre tive um corpo esguio e esbelto (modéstia à parte, rs), me encontrava bem acima do meu peso. Quando me vi beirando os 3 dígitos, resolvi tomar uma atitude: fazer uma plano de emagrecimento. Comecei então a pesquisar, conversar com alguns amigos médicos, consultar alguns livros e depoimentos e acabei encontrando uma dieta que, de acordo com o meu perfil e com o tipo de objetivo que queria alcançar, cairia como uma luva. Ou melhor… como uma capa. =)

É… essa história de “na capa do batman” surgiu não-sei-de-onde quando ouvi alguém mencionando esse “termo” – por email, blogs, internet, por aí – e significava entrar num processo para emagrecer (independente do programa/dieta/regime) e ficar “saradinho/a” pra ficar bem na capa do homem-morcego. Pelo menos foi o que consegui entender. Mas o que importa é que a sonoridade do termo e a irreverência do mesmo acabou sendo usando pra mim para representar esse programa de emagrecimento (mais embaixo eu explico detalhes sobre esse programa…).

Anyway, decidi fazer então a dieta do Dr. Arthur Agatston, um cardiologista americano que desenvolveu essa técnica baseado em vários estudos mas com o objetivo de melhor as funções cardíacas dos seus pacientes. Só que além disso, seus pacientes conseguiram perder peso e se manterem saudáveis e feliz, comprovando a eficiência desse programa. E lá fui eu fazer.

Li todo o livro, peguei algumas receitas e cardápios pra poder fazer mesmo isso acontecer e perder peso. A única coisa da qual eu não abri mão foi da minha cerveja. =) Mesmo assim, após 40 dias eu já havia perdido 12 quilos. E de forma salutar. E tem mais: sem fazer atividade física (como disse antes, tempo é uma coisa escassa nos meu dia. Ou melhor, era… rs). E após provar pra mim mesmo (e pra uns 2 amigos que eu não conseguiria, abandonei o programa e voltei a comer o mundo todo com farinha. Qual não foi a minha surpresa em perceber que eu levei mais de 6 meses pra recuperar aqueles 12 quilos que havia perdido em tão pouco tempo. A dieta do Dr. Agatston realmente funcionou pra mim.

E assim levei minha vida, cheia de atividades mil e comendo tudo que desse vontade. Não tardou em alguns poucos anos beirei novamente os 3 dígitos. Entonces… projeto#nacapadobatman novamente em ação e mesmo demorando um pouco menos do que a primeira vez (algo em torno de 32 dias) perdi uns 15 quilos. Maravilha! Talvez porque dessa vez eu tenha associado com a natação. Mas meu “peso maravilha” não durou muito: tive crise de coluna, voltei a me alimentar mal, voltei a ficar ocioso e perto das festas de final de ano, um monte de preocupação na cabeça e tal… e acabei comendo tudo de novo e engordando. Demorei pra engordar… mas engordei.

Engordei tanto que recentemente eu não cheguei perto dos 3 dígitos: eu ultrapassei. 101,5 quilos. Isso pra minha cabeça é incomensurável!! Pô… eu pesava 77 quilos há 10 anos, caramba!! E resolvi, mais uma vez, recorrer ao ensinamentos do já íntimo (quase um “tio”, rs) Dr. Agatston. Projeto#nacapadobatman – III Edição no ar…

Só que dessa vez, tendo em vista diversos fatores como: peso maior, idade maior, maiores problemas na coluna e no joelho, etc… resolvi fazer melhor. Seguir à risca as dicas do nosso Doutor. E isso quer dizer basicamente pra mim: alimentação correta, exercícios físicos… e nada de bebida alcóolica. E pra isso, eu já comecei a me preparar uns 15/20 dias antes pra entrar nesse projeto bem preparado física e mentalmente. Comecei a reduzir a quantidade de minha alimentação (comia quase numa bacia, rs), comecei a evitar frituras, gorduras, conservas, massas e principalmente açúcares, comecei a organizar meus horários de trabalho/lazer/descanso. Isso tudo em ajudou bastante a encarar essa 3ª edição do #nacapadobatman de forma tranqüila, sem traumas, sem estress e o melhor: sem passar fome.

Hoje estou completando 7 dias de projeto. Amanhã tem pesagem e registro de medidas corporais onde registro numa tabela toda organizada onde defino minhas metas mensais, semanais e até diárias  de alimentação, calorias, exercícios e projeção de perda de peso e medidas. É… o negócio é sério e pretendo perder 16 quilos até o fim do projeto que está datado para o dia 04 de março, sexta-feira de Carnaval. Nesse dia eu volto a beber pra comemorar meus resultados e volto a abusar de algumas guloseimas e gorduradas, às quais eu ficarei longe por 120 dias. Ou não. A proposta desse programa é também a de educar o nosso organismo para que ele não sinta mais necessidade de comer alimentos que só fazem “encher o nosso bucho”. E como já estou mais pra 40 do que pra 20… chegou a hora de se cuidar, né não? =)

Pois bem, alguns de vocês devem estar curiosos pra saber como é essa dieta, como funciona, quais os princípios, alimentos permitidos e proibidos, fases do prorgama, etc… Calma. Antes que vocês corram pro Google (se já não o fizeram enquanto liam meu texto) o papai aqui preparou um resumo pra ajudar vocês a entenderem melhor a DIETA DE SOUTH BEACH e, quem sabe… cair na #capadobatman também! Minha mulher já começou o seu projeto #nacapadabatgirl =P

Boa sorte! Pra mim, pra ela e pra vocês!

PS.: Algumas pessoas podem (e irão) criticar essa dieta, assim como criticam tantas outras. Fato. Eu resolvi investir nesse programa porque li tudo sobre ela e decidir fazer. Comigo funcionou. E duas vezes. Mas se pesquisarem um pouco à fundo irão perceber que esse programa é muito simples, sem contra-indicações, apenas com ressalvas à pessoas com problemas cardíacos graves, de circulação e gástricos. Mas nada que um bom acompanhamento médico não ajude a controlar.

————————————-

DIETA DE SOUTH BEACH | por Dr. Arthur Agatston

O cardiologista americano Dr. Arthur Agatston criou essa dieta para seus pacientes visando inicialmente reduzir a ocorrência de doenças cardíacas. Notou-se que também funcionava como dieta para emagrecimento.

A dieta de South Beach não visa limitar ou eliminar o consumo de carboidratos, nem de gordura. Também não propõe limites em termos de quantidades, de acordo com o Dr. Agatston, seguindo essa dieta, a pessoa pode comer até se sentir satisfeita. O que essa dieta incentiva é a identificação de quais carboidratos e gorduras são considerados bons e incentivar a incluí-los na dieta.

A dieta de South Beach é dividida em 3 fases, sendo que a terceira deve ser seguida por toda a vida. A única fase que restringe totalmente um grupo de alimentos é a primeira fase.

FASE 1

A primeira fase da dieta de South Beach prevê uma duração de 2 semanas (não deve passar de 20 dias!), onde a maioria dos carboidratos são retirados da dieta. A pessoa pode perder até 5 quilos na primeira fase. (eu perdi 3 quilos na primeira vez e 5,5 quilos na segunda, rs)

FASE 2

Na segunda fase, alguns alimentos são reintroduzidos na dieta, como algumas frutas e alguns carboidratos. A segunda fase deve durar até que a pessoa atinja o peso desejado. (estabeleça antes seus objetivos, associe com atividades físicas regulares e essa fase poderá ser bem curta… algo em torno de 20 a 30 dias, à depender das suas metas)

FASE 3

A terceira fase da dieta de South Beach na verdade não faz mais parte da dieta em si, visa manter os hábitos alimentares da fase anterior, sendo mais como uma reeducação alimentar que deve durar por toda a vida. (aí só depende de nós!)


Alimentos Proibidos e Permitidos em cada fase da Dieta de South Beach

FASE 1 – ALIMENTOS PERMITIDOS

Carnes, peixes e aves
cortes magros de carne de boi e de porco, frango sem pele (peito de preferência), peito de perú, lombo canadense, peixes e frutos do mar em geral (todos).

Saladas, legumes e grãos
brócolis, couve-flor, alcachofra, pepino, arpargo, espinagre, berinjela, tomate, alface, cebola, cogumelos, aipo, broto de alfafa, abobrinha, feijão, lentilha, vagem, grão-de-bico, nozes, castanhas.

Laticínios e semelhantes
leite desnatado, iogurte desnatado, queijos sem gordura (cottage, ricota, versões light), tofú, ovos.

Óleos e temperos
óleo de canola e azeite de oliva; pimenta do reino, malagueta, caiena, raíz forte. Temperos sem açúcar em geral. Adoçante pode.

Doces
limite de 75 calorias diárias. Prefira os Diets.

Frutas
limão

Bebidas
água, chás diversos (de preferência, chá verde), suco de limão, café (c/ adoçante à gosto). Alternativa: H2Oh (evitar o excesso)


FASE 1 – ALIMENTOS PROIBIDOS

Bebidas
Todas as bebidas alcoólicas, inclusive cerveja, whisky e vinho.

Frutas
Todas as frutas e sucos de frutas, exceto limão.

Saladas, legumes e grãos
Legumes ricos em amido como batata e inhame. Também devem ser evitados cenoura, milho e beterraba.

Outros
queijos gordos, pão, cereais, arroz, macarrão e alimentos assados em geral. Doces, sorvetes, geléias, salgadinhos e guloseimas em geral.

FASE 2 – ALIMENTOS PERMITIDOS E REINTRODUZIDOS

Todos os alimentos da FASE 1 e os seguintes alimentos podem ser reintroduzidos na sua dieta:

Frutas e Sucos
maçã, banana, grapefruit, uva, manga, laranja, pêssego, ameixa, morango, melão, cereja, kiwi, pêra. Dica: introduzir moderadamente.

Saladas, legumes e grãos
cenoura, batata-doce, grão-de-bico, arroz integral, ervilha.

Outros
alimentos a base de soja, chocolate amargo e meio-amargo (com moderação), pães com grãos, massas integrais, biscoitos e torradas integrais, vinho tinto. Dica: introduzir moderadamente.

FASE 2 – ALIMENTOS PROIBIDOS

Alimentos que continuam proibidos durante a FASE 2 da dieta:

Frutas
melancia, abacaxi, uva-passa, graviola, jaca, sucos de fruta industrializado.

Saladas, legumes e grãos
beterraba, milho, batata comum.

Outros
alimentos com farinha refinada como pão branco. Arroz branco, macarrão, massas em geral, cookies. Salgados e frituras, doces em geral. Creme de leite.


FASE 3 – MANUTENÇÃO

Os alimentos que eram proibidos na FASE 2 devem ser evitados ao máximo, porém, não de forma tão rigorosa. Seu corpo pode já estar adaptado à uma nova realidade alimentar mas se sentir realmente necessidade, evite exageros. Mas caso isso aconteça, basta voltar à 1ª FASE por outros 10/15 dias.

O objetivo maior dessa fase é conservar o seu peso (definido antes nas suas metas, lembra-se?). Mas não impede que vez ou outra você consuma uma batata-frita, umas cervejas, uma pizza. Provavelmente não conseguirá comer como antes (principalmente em relação às quantidades, rs) mas caso sinta vontade ou até como forma de não se sentir ‘anti-social’, fique à vontade. Porém, tenha em mente que esses alimentos não melhoraram a sua forma, e sim, contribuirão para que volte ao que era antes. É isso que você quer? Acho que não. Portanto… moderação! E se sair da linha, capricha na malhação e na sopinha do dia seguinte, e volta à fase 1 por 10 a 15 dias pra voltar ao seu novo “normal”… =)

É isso aí… quem quiser saber mais é só procurar o livro DIETA DE SOUTH BEACH nas livrarias ou, se der sorte, em PDF pela internet (eu, infelizmente não achei, mas se encontrar coloco o link aqui).

Grande abraço!

O “bat-sinal” do almoço tá me chamando… fui!

C.


Batalha contra a Oi… vencida!

março 23, 2010

Antes de mais nada, queria pedir desculpas à todos que frequentam (ou frequentavam) meu blog.

Estive de fato longe daqui por diversos motivos. O maior deles? Falta de tempo.

O segundo semestre de 2009 não foi tão bom quanto o primeiro. Foi repleto de problemas, confusões, desentendimentos, enfim… uma série de coisas que acabaram por prejudicar inclusive o meu rendimento profissional. Mas, ao final do mesmo período consegui “ressuscitar” e resolver a maioria dessas pendengas.

Mas, voltando ao assunto do título… quero dizer que estou muito feliz com o resultado da minha peleja com a Oi.

Pra quem não leu meu último post (emitido em 10 de julho do ano passado) tive um problema sério com a Oi – cobranças indevidas – e depois de receber vários comentários, e-mails, mensagens e telefonemas à respeito, consultei alguns advogados que me instruiram a processar a mesma.

Porém, antes disso, entrei em contato mais uma vez com eles afim de tentar resolver isso da melhor forma. E não é que eles reconheceram o erro?!! Finalmente.

Depois de alguns meses preparando o material e a documentação para dar entrada na ação, tive o conhecimento de que não estava mais devendo uma fortuna como haviam me informado, e só haviam pendentes duas contas no valor de R$ 0,40 e R$ 1,40. Perguntei o porque daquilo e me informaram que se tratava de um engano mesmo, me pediram 1000 desculpas e tal.

Alguns advogados e amigos me disseram pra não aceitar isso e entrar assim mesmo com a ação pedindo danos morais e etc, mas como não pretendo sair levando vantagem em nada, resolvi por um ponto final nessa história.

E olha que eles foram quem saíram ganhando pois ainda continuo com minha conta na Oi. Acho q mereceram essa “credibilidade” pelo reconhecimento do erro deles, né? Pois é… e até agora, tá indo tudo bem. Espero que continue assim.

No mais, acho que vou retornar com as minhas atividades bloguísticas. Sinto falta de expor minhas idéias e pensamentos por aqui, sabe?! Resta saber se vou continuar com o Chan+Blog ou se vor criar outro com outra temática…. alguma sugestão?!


Um negócio chamado TWITTER

maio 26, 2009

imagem post blog

Alguns já ouviram falar, outros já se inscreveram e ainda não descobriram como usar, outros já não vivem sem uma twittada diária.

Segundo o wikipedia,” Twitter é uma rede social e servidor para microblogging que permite aos usuários que enviem e leiam atualizações pessoais de outros contatos (em textos de até 140 caracteres, conhecidos como “tweets”), através da própria web ou por SMS.” Criado em 2006 por Jack Dorsey, o Twitter ganhou extensa notabilidade e popularidade por todo mundo.

Algumas vezes descrito como o “SMS da Internet”, vem ganhando cada vez mais espaço entre os internautas e tecnofãs como uma ferramenta de blog, descrevendo as atividades que cada um está exercendo naquele momento, além de expor idéias, pensamentos, questionamentos, etc.

Você pode encontrar vários tutoriais na internet de como se cadastrar e como utilizar corretamente o Twitter, o deles é o VEJA ISSO. Outro link interessante que encontrei e pode ajudar a você a se aproximar mais dessa ferramente é esse AQUI. Mas o que me traz a escrever esse post é sobre o lado profissional do Twitter e suas vantagens no mundo corporativo.

Tive conhecimento dessa ferramente de blogging há pouco mais de 2 meses. De início, como todo mundo não entendia bem como funcionava, mas como sempre gosto de experimentar programas e recursos tecnológicos… cheguei junto e comecei a twittar!

De repente, do nada, fui sendo seguido por amigos, artistas e até desconhecidos. Não entendi à princípio o “porque” de alguém como Ivete Sangalo querer me seguir. E fui percebendo que poderia segui-la para ter acesso ‘a sua agenda de eventos, apresentações, etc. Já estava me enturmando com esse negócio de Twitter.

O próximo passo vou localizar amigos e colegas dos fóruns de design, ilustração e mac dos quais participo afim de… sei lá, me aproximar e poder trocar informações de forma mais dinâmica. Quando percebi, estava recebendo além de alguns “estou de mal humor” ou “tô saindo pra almoçar” dicas de sites, videos, reportagens e muito coisa interessante que vem, ao longo desse tempo acrescentando valor à minha profissão e aos meus conhecimentos gerais.

Ao perceber isso um estalo me veio à cabeça diante de todas essas experiências: usar o twitter além de uma rede social. Usá-lo como uma fonte de aprendizado e… marketing! Através dele posso divulgar minhas atualizações dos blog e portfolio, solicitar mão-de-obra especializada, localizar oportunidades de trabalho além de fazer novos contatos comerciais.

Ainda estou atordoado com as possibilidades, até porque, ainda estou às voltas com alguns projetos antes das minhas férias, além de tentar concluir as atualizações de meu novo site (aguardem!), que irã trazer uma linguagem simples, prática e flexível, que poderá ser acessado por qualquer interface, seja fixa ou móvel. – leia-se desktops, notebooks, smartphones e celulares.

Enfim, é isso aí. O Twiiter se tornou hoje mais uma ferramenta do meu trabalho e pode ajudar você de alguma forma. Experimente. Pra acessá-lo basta clicar AQUI.

Ah… e se quiser conhecer o meu e me seguir… é só clicar AQUI.

O dia tá curto hoje e faltam menos de 4 dias para minhas férias… eheheh!

Fui!

C.


Nicolle nasceu! E a ficha caiu…

maio 18, 2009

fichas+tel

Ufa!… após dias profundamente movimentados e emocionantes cá estou eu.

Ainda estou meio atônito com a revoada de informações que absorvi desde o dia 13 de maio.

Se já era um dia importante pra mim, agora então, será inesquecível!

Às 16h30, eu e Kika, tinhamos que estar no apresentando no Hospital Aliança para a internação. Antes disso tirei a manhã pra resolver umas pendências, almoçar, tomar umas, refletir sobre tudo. Sozinho. Precisava disso.

Bem, após nos instalarmos no quarto 209 da área da maternidade, começamos a receber visitas de amigos e parentes e em algumas horas o que seria um simples parto parecia uma festa de largo! Com direito a cachaçada e tudo, desta vez em companhia dos amigos, é claro!

Às 22h adentramos juntos a sala de cirurgia e após me fantasiar de plantonista do E.R. fui convidado a entrar na sala de parto pra fotografar e filmar todo o acontecimento. Não sei se foi a emoção ou o nível de álcool no sangue, mas consegui ficar em pé o tempo todo, registrando tudo e me emocionando com cada gesto daquela pequena criaturinha toda melada e delicada.

Não dá pra explicar. É um sentimento… ou melhor, um mix de sentmentos e sensações que jamais senmti antes. Acho que só quem vivencia de fato um momento como esse sabe do que estou falando. E após quase 9 meses de pesquisa, espera e ansiedade, minha filhotinha chegou… e a ficha finalmente caiu. Bom demais!!!

Bem, não vou me adentrar muito nos detalhes da chegada de Ninikki. Agora existe um lugar só dela pra falar, comentar, desabafar, divulgar, conversar, enfim, falar e registrar tudo sobre a sua chegada e suas aventuras nesse mundo louco! E esse lugar se chama O FANTÁSTICO MUNDO ONLINE DE NICOLLE. Um blog que eu e eventualmente sua mãe, Kika, registrar os acontecimentos cotidianos, eventuais e é claro, especiais na vida de Ninikki. O endereço provisório  se chama ninikki.wordpress.com mas assim que tiver com o seu domínio devidamente registrado posto aqui pra vocês!

Bom, é isso aí. Amanhã volto ao batente! E a contagem regressiva para minhas férias começaram!! Dia 30 de maio… here we come!!!

Inté!

C.