Projeto: #NACAPADOBATMAN – 1 mês depois…

Bom dia a todos que me seguem!

Pois é, nessa última sexta-feira completei 30 dias de projeto #nacapadobatman . Pra quem não sabe do que estou falando é só dar uma olhada na última postagem e conferir.

Foram 4 semanas relativamente tranquilas, sem muitos momentos torturantes e acredito que tenha tirado de letra. Afinal, consegui bater minha meta, ou melhor: ultrapassá-la.

Pelo meu planejamento – que fiz antes mesmo de iniciar o projeto – a meta semanal seria de aproximadamente 1 kg, e a diária de aproximadamente 140 gramas. Consegui ultrapassar essa marca perdendo 1,5 kg por semana e em média 215 gramas por dia. Óbvio que esses valores são aproximados e teve dia que eu perdi menos que o outro. O fato é que, felizmente, estou obtendo resultados desejados nesse projeto. Vejam à baixo uma panorâmica do meu projeto e como o mantenho sob controle:

No entanto, devo creditar o sucesso também à esse resultado ao fato d’eu ter tido uma virose seguido de fortes dores na garganta na segunda semana de projeto que me deixou um tanto debilitado e sem conseguir digerir nada sólido, somente líquidos. Há males que vem para o bem, né?… =)

Enfim, Mas estou bastante animado e empolgado, principalmente por 2 motivos:

1 – Estou conseguindo me alimentar melhor, sem exageros – minha média eram 800 gr por refeição, agora é em média 500 gr por refeição, às vezes menos – , estou vivendo muito bem sem comer pão branco, macarrão, frituras, comidas muito gordurosas – às vezes só de sentir o cheiro do óleo fritando já me dá náuseas – , doces, e curtindo saborear novos alimentos que já havia até me esquecido o sabor como algumas frutas e legumes. O bacana é usar a criatividade para “sobreviver” à esse projeto. Tendo noção do que DEVO comer o do que NÃO DEVO comer, fico criando saladas, pratos e até sanduíches com pão integral, frios e acompanhamentos que nunca havia experimentado simplesmente por já estar habituado à comer aquela boa e velha gordureira, eheh. E isso tem me ajudado, e muito, a me manter saudável e a continuar perdendo pesos e medidas.

2 – O segundo motivo é praticamente uma resposta à esse projeto: camisas que antes ficavam coladas no couro agora estão leves e folgadas, calças que antes ficavam arrochadas nas coxas agora me deixam mais à vontade pra me movimentar – até cinto eu tô tendo que usar pras calças não caírem, rs – , enfim, recuperando peças de roupas que antes já estavam pra ser despachadas pra alguém que realmente usasse-as. Aliado a isso, a sensação de bem estar, a resistência aumentando – já não estou cansando como antes ao carregar as compras do mercado – e a satisfação de ver o meu empenho sendo recompensado. Sem contar a imagem no espelho que à cada semana parece mais agradável.

isso tudo, me motiva ainda mais em continuar, mas não pensem que agora é moleza. Engana-se. Agora começa a parte mais difícil: dar continuidade até chegar na minha meta, 85 kg. Ainda falta perder 11 kg. Mas… vamos nessa!

Agora umas dicas:

a) Esforço: se está realmente intencionado a emagrecer, tem que se dedicar. Em muitos momentos serás tentado por amigos a degustar mil e uma guloseimas. Por mais “inocente” que posa parecer comer uma coxinha ou um risole, resista. Pense em sua meta o tempo todo e, quando chegar lá, poderá sim comer (de vez em quando, não sempre!) um salgadinho ali, um docinho acolá, mas sempre atento à compensar esses famosos abusos de final de semana com bastante líquido na semana seguinte seguido de exercícios.

b) Por falar em Exercícios, digo pra vocês que nesses meus 30 dias de projeto eu só caminhei 2 dias. Isso mesmo. Mas não porque eu não quisesse, mas por que não tive tempo. De verdade. Final de ano pra mim é uma loucura e estou passando por uma séries de problemas pessoais e profissionais que tem me exigido mais do que o normal. Faz parte. Mas não se esqueçam de associar à esse projeto pelo menos caminhadas de 30 minutos 3 vezes por semana. Pelo menos. Isso já ajuda muito e se puder estender para caminhadas de 1 hora de segunda a sexta (meu objetivo) será melhor ainda.

c) Controle: acompanhar a evolução e as respostas do seu corpo é importante também: crie umas planilhas para te ajudar a monitorar seus ganhos/perdas de peso e medidas para saber se realmente está funcionando, o que precisa melhorar, enfim, te auxiliar na busca pelo seu objetivo. Se tiverem interesse, posso enviar a minha tabela (no Numbers, mas converto no Excel se preferir) para vocês. Outra forma de controlar mais de perto é adquirir uma balança digital, que já vem calibrada de fábrica e não perde o registro. Comprei a minha nesse final de semana e já está me dando um feedback bem legal. Como tenho um iPhone, também comprei na AppStore um aplicativo chamado Weightbot que te ajuda a controlar seu peso e ainda te mostra um gráfico de sua evolução. Apenas, US$1.99.

No mais, é isso aí. O projeto #nacapadobatman continua firme e forte e nessa sexta terei nova aferição.

Fui!

O dever me chama!

C.

 

 

Anúncios

One Response to Projeto: #NACAPADOBATMAN – 1 mês depois…

  1. Ludmila Rohr disse:

    Meu querido, vc me animou…
    Vou começar o projeto Catwoman forever!!!!!
    Tenho 23 calças no closet de Caio…que saíram do meu por falta de uso!..e olha que não guardo roupa antiga, isso é só de um pouco tempo antes de sair do Brasil…

    É isso aó amigo!
    Jogue duro! Vc já é um herói!! (pelo menos pra Nikki!!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: